[FP] Jonathan Williams

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Jonathan Williams

Mensagem por Jonathan Williams em Qui Jan 24, 2013 8:27 pm

Nome Completo:
Jonathan Williams
Codinome:
Caos
Idade:
30
Espécie:
Mutante

Características Físicas


Cor dos olhos:
Preto
Cor e tamanho do Cabelo:
Preto e Médio
Cor de Pele:
Branca
Tipo Sanguíneo:
O+
Peso:
80 Quilos
Altura:
1,80

Poderes:
▬ Controle dos Elementos (Água, Fogo, Terra, Ar, Eletricidade, Metal)
Descrição dos poderes:
▬ Manipulação dos Elementos: Jonathan tem uma forte ligação com os elementos, quase como se fosse uma força vital. Jonathan consegue, através de poucos movimentos dos membros ( Ou até por via mental ), manipular, alterar e expandir os elementos naturais. Os elementos com que Jonathan tem maior ligação, são a água e a eletricidade, sendo assim, Jonathan tem maior experiência nos elementos citados. Jonathan também tem a capacidade, ainda na área dos elementos, de modificá-los em seu estado, criando novas criaturas ou objetos.
Perícias:
Perícia com Tridente.
Grupo:
Independentes
Humor:
Pouco humor, calculista, frio, não conversa com quase ninguém tem poucos amigos, é um pouco estranho mais, quando ele faz amigos só com os amigos ele conversa, é difícil de o fazer confiar, mais, quando faz isso, ele confia plenamente na pessoa.
Equipamentos:

Tridente de Adamantium/Vibranium: É um tridente feito de Adamantium e Vibranium, ele é inquebrável, é capaz de lançar rajadas dos elementos que Jonathan consegue controlar como água, fogo, terra, ar, eletricidade e gelo, ele é único e é uma das mais poderosas armas.
Fraquezas:
▬ Orgulho: A maior fraqueza de Jonathan é o orgulho. Ele não aceita que alguém seja melhor que ele, ou que uma batalha já está perdida. Sendo assim, ele se torna fraco ao ponto de vista de algum inimigo que ele venha a ter.
▬Devido ao grande número de elementos que ele controla, sua cabeça o torna frágil, sendo facilmente derrotado por ataques telepáticos.
História:
Jonathan nasceu em Londres, em um bairro requintado. Morava em uma mansão luxuosa, mas realmente, não gostava da vida que tinha. Sempre andava desleixado, para irritar seus pais ao máximo, que insistiam para ele usar trajes a rigor. Jonathan adorava suas roupas: Calças justas e rasgadas, blusas brancas mais largas, jaquetas de couro e all star's. Seu quarto era o de frente para a cidade, então ele tinha uma bela vista do Big Bang. Toda noite Jonathan sentava no parapeito da janela, observando a vista e refletindo sobre sua vida, e sobre mais um dia no colégio. Jonathan estava no último ano do colégio, e não era lá muito popular, mais chamava bastante a atenção das garotas. Jonathan já modificou seu uniforme pelo menos doze vezes durante a escola; Rasgou o blusão nos braços, e sua gravata estava sempre de lado.
Jonathan odiava estudar, e só Deus sabia o quanto ele era grato por estar no último ano. E incrivelmente, era seu último dia de aula. Jonathan estava com o rosto apoiado nas mãos, ouvindo o monótono discurso do professor de História sobre a Revolução Britânica:

- [...] Assim, possuíram mais chances de vencer...[...] - Jonathan devia estar muito cansado, pois parecia que o professor estava falando com duas vozes ao mesmo tempo.

- [...] Vá Jonathan...Vá para a floresta...A Revolução durou pelo menos...Vá Jonathan! VÁ! - Nesse último " Vá " , o professor havia gritado, mais ninguém parecia ter percebido. Jonathan olhou um tanto intrigado para o professor, e pigarreou. O professor parou e olhou para Jonathan, indagador:

- Professor, posso ir a enfermaria? Estou meio tonto...

Jonathan ignorou o comentário de " Tonto ele sempre foi " do idiota da sua sala. Alguns coleguinhas dele abafaram risinhos, mas o professor indicou a porta a Jonathan, que não hesitou, e a cruzou. Os corredores estavam vazios, exceto pelo faxineiro, que cochilava profundamente apoiado em um esfregão; Jonathan caminhou rapidamente para a porta dos fundos da escola, e sorriu quando percebeu que estava aberta. Abriu-a levemente, e saiu para o ar fresco. O cheiro natural pareceu encher Jonathan de forças, como sempre foi. Sorrindo, o mesmo se encaminhou para a floresta. Parecia uma atitude besta obedecer ordens de uma alucinação, mas Jonathan não tinha nada melhor para fazer mesmo. Seus passos eram abafados pela grama bem aparada do jardim da escola, e Jonathan não chamou atenção, até cruzar as primeiras árvores da floresta.

[...] quando percebeu, estava chegando a uma clareira. O chão fofo e molhado estava reluzindo a luz, e Jonathan julgou o local como um bom lugar para um piquenique. Jonathan se encaminhou calmamente para o centro da clareira, e foi surpreendido por uma voz:

- Jonathan. - Por instinto, Jonathan levou a mão ao bolso e retirou um objeto semelhante a uma caneta. Mas com seu toque, o objeto aumentou de tamanho até tornar-se um Tridente brilhoso, feito de Adamantium e Vibranium, que muitos dariam 1 bilhão de dólares. Jonathan se virou rapidamente, abaixando o corpo e passando uma rasteira em seu inimigo. Mas seus pés passaram por nada. Quando Jonathan se levantou, havia uma espécie de espírito encarando-o, sorrindo:

- Muito inteligente Jonathan. Eu também não confiaria em vozes alheias. Mas vim aqui lhe explicar a fonte de seus poderes. - Jonathan suspirou, e se lembrou daquele dia:

[...] Jonathan corria pela rua, se afastando cada vez mais do ser...Um grito...Uma onda gigantesca... - Jonathan voltou a sí, suando frio.

- Lamento interromper Jonathan, mas tenho apenas um minuto. Só vou falar o essêncial. Você é descendente dos Factor's. É ma raça antiga de Super-Humanos que controlam os elementos. Só que você é especial, pois tem uma habilidade a mais. Você pode distorcer a realidade, como já fez em seu passado. - Jonathan estremeceu levemente, mas não tentou se lembrar de tal dia. - Por isso você é espeical Jonathan, e deve usar seus poderes para o bem. Eu confio em você; Sou seu antepassado. - O ser sorriu serenamente, e dissolveu-se em névoa.

[...] Jonathan acordou em sua cama macia, sentindo uma horrível dor de cabeça; Sua cabeça girava, tentando lembrar-se de como chegara naquele local. Jonathan abriu os olhos levemente, e quase caiu da cama. A sua frente, pairavam seis globos: Um de água, um de terra, um de fogo, um de ar, um de eletricidade e um de gelo. Jonathan confirmou suas suspeitas, e fez um leve movimento com seu dedo. Os globos começaram a se modificar e juntar, e por fim, formaram o símbolo de Jonathan: O Simbolo do Caos.

Passam alguns anos desde que Jonathan viu o Símbolo Caos, ele agora já tinha 30 anos, Jonathan estava com perfeição em seus elementos, Jonathan caminhava lentamente pela rua de Londres onde ele morava a muitos anos, Jonathan chegou até um beco muito escuro e ali sentou, sua personalidade o fazia ficar ali, Jonathan sentou ali e ficou em posição de ioga.

Passam horas e Jonathan continua ali, um homem parou bem em frente do mesmo e o encarou, Jonathan olha para o mesmo, um brilho azul aparece em seus olhos, ele coloca as palmas tocando no chão, um jato de água começou a sair de sua mão o fazendo subir até ficar olho a olho no cara que ali estava, ele ficou o encarando, o homem que estava ali se afastou e estendeu a mão, uma bola negra surgiu e então ele sorriu dizendo:

-Eu sou James, me tornei assim ao se exposto a radioações negras, as sombras são minhas aliadas e estamos num local escuro, você já era Williams. - Ele diz com uns brilhos negros. - E agora já esta na hora de você morrer, depois de ter feito aquilo.

Jonathan olha para o mesmo e ver ele atirando a bola negra, Jonathan se concentra e então solta várias bolas de fogo para os lados iluminando o local, após ser iluminada, o poder negro se enfraquece, Jonathan solta uma bola de gelo com fogo fazendo uma mistura poderosa, as bolas se chocam e ficam um tempo assim, Jonathan corre e acerta um chute no mesmo, toca no coração do mesmo e então ele carrega toda a energia elétrica no mesmo, então o mesmo se debate até morrer, Jonathan sorri e vai embora até seu antigo quarto, chegando lá ele vê seu antigo símbolo: O símbolo do Caos.


Última edição por Jonathan Williams em Sab Jan 26, 2013 9:06 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Jonathan Williams

Mensagens : 1
Data de inscrição : 24/01/2013

Ficha Heroica
Arsenal::
Grupo:: Independentes
Habilidades::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Jonathan Williams

Mensagem por Sexyman em Sex Jan 25, 2013 5:44 pm

Negada!!
Adicione mais uma fraqueza boa e sua ficha será aceita
avatar
Sexyman
X-Men
X-Men

Mensagens : 10
Data de inscrição : 22/01/2013
Idade : 30
Localização : Instituto Xavier

Ficha Heroica
Arsenal::
Grupo:: X-men
Habilidades::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Jonathan Williams

Mensagem por Sexyman em Sex Jan 25, 2013 5:54 pm

Agora sua ficha foi aceita.
Apesar das fraquezas serem muito clichês. Seja bem vindo, e blá blá blá...
avatar
Sexyman
X-Men
X-Men

Mensagens : 10
Data de inscrição : 22/01/2013
Idade : 30
Localização : Instituto Xavier

Ficha Heroica
Arsenal::
Grupo:: X-men
Habilidades::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Jonathan Williams

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum